Termos

Significados

E.B.I.T.D.A

Earnings Before Interest, Taxes, Depreciation and Amortization, ou seja, é o ganho líquido de uma empresa antes da contabilização dos juros (Interest), impostos (Taxes), depreciação(Depreciation) e pagamento de dívidas (Amortization). É um dos muito parâmetros utilizados para se avaliar a lucratividade e valor de uma empresa.

E.R.P - ENTERPRISE RESOURCE PLANNING

Planejamento de Recursos para um empreendimento na qual os sistemas utilizados são integrados.

EAESP

Escola de Administração de Empresas de São Paulo, da Fundação Getúlio Vargas.

EARNINGS PER COMMON SHARE

Termo estrangeiro que significa relação entre lucro líquido - menos dividendos pagos às ações preferenciais - e o número de ações ordinárias.

 

EASED OFF

Termo estrangeiro que significa mercado calmo, indicando ligeira queda nos preços das ações.

EBITDA

Eamings before Interest, Taxes, Depreciation/Depletion and Amortization.

E-BOOK

Livros escritos em formato eletrônico

E-BUSINESS

Qualquer empreendimento baseado na WEB, ou, as transações de negócio feitas entre empresas pela Internet. Normalmente é utilizado em seu lugar o termo e-commerce, embora não tenha a mesma abrangência.

ECA

Estatuto da Criança e do Adolescente - Estabelecido pela Lei Federal 8.069, de 13 de julho de 1990, o ECA é um conjunto de direitos das crianças e adolescentes no Brasil, no sentido da consolidação da sua cidadania. Em seus 267 artigos, o ECA indica os vários programas sócio-educativos que devem ser implantados em cada Município brasileiro para a conquista dos direitos de cidadania de criança e adolescentes. O ECA estipula a criação em cada Município de três instâncias para assegurar a garantia dos direitos de cidadania da Infância e Juventude no Brasil, o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, o Conselho Tutelar e o Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente.

E-CARD

Cartão virtual utilizado apenas para compras feitas pela Internet

ECC-C

Extrato de Conta Cliente - Custódia - Tem a finalidade de informar todos os lançamentos que ocorreram na sua posição de títulos, em um período determinado bem como seu saldo atual.

e-Commerce

Transações comerciais realizadas pela internet, que podem ocorrer entre empresa e cliente (B2C) ou entre empresas (B2B).

ECONET

1. Rede de pessoas (ecology +network) interessadas em assuntos ligados a ecologia e ambientalismo. 2. Rede de empresas de Comércio Eletrônico (e-commerce + network) que possuem sinergia e atuam de forma integrada.

Economia

"A economia é a ciência que se preocupa com o estudo das leis econômicas que devem ser seguidas para que seja mantida em nível elevado a produtividade; melhorado o padrão de vida das populações e empregados corretamente os recursos escassos". (Paul Anthony Samuelson) sobre o estudo da trilogia clássica formação, distribuição e consumo de riquezas, substituída contemporaneamente pela dicotomia escassos recursos e necessidades ilimitadas.

Economia a dois setores sem formação de capital

Numa economia simplificada, supõe-se que os únicos agentes são as empresas (que produzem bens e serviços) e as famílias (que auferem rendimentos pela prestação de serviços).

Economia centralizada (ou economia planificada)

Sistema econômico em que as questões econômicas fundamentais são resolvidas por um Órgão Central de Planejamento, e não pelo mercado. Tem também como característica a propriedade pública dos recursos produtivos.

Economia de escala pecuniária

Acontece quando a produtividade dos fatores varia, com a variação do custo por unidade produzida.

Economia de escala técnica ou tecnológica

Acontece quando a produtividade varia, com a variação da quantidade física de todos os fatores de produção.

Economia de mercado

Sistema econômico em que as questões econômicas fundamentais são resolvidas pelo mercado. Caracteriza-se também pela propriedade privada dos recursos produtivos. Pode ser uma economia de mercado pura (sistema de concorrência pura) ou com a interferência do governo (sistema de economia mista).

Economia informal

Caracteriza-se como desobediência civil de atividades normais de mercado. Basicamente, não-registro de trabalhadores em Carteira, sonegação fiscal, ambulantes sem registro etc. Quando são incluídas as atividades ilegais (contrabando, jogo do bicho, tráfico de drogas), o conceito amplia-se para economia marginal ou subterrânea.

Economia internacional

Estuda as relações de troca entre países, o que inclui transações de bens e serviços e de capitais físicos e financeiros. Trata da política cambial (controle da taxa de câmbio), da política comercial (barreiras ou estímulos a exportações e importações) e das relações financeiras internacionais.

Economia Social

Identifica uma larga faixa de organizações não-governamentais nos países de língua francesa que cresce bastante na União Européia; abrange grande variedade de organizações sem fins lucrativos, tais como companhias de seguro mútuo, caixas de depósitos e cooperativas.

Economista

É o profissional que exerce as funções de economia e finanças, com formação superior em Ciências Econômicas e registro no CORECON.

EDI - Eletrônic Data Interchange

Troca de dados realizada em formato eletrônico especifico.

EDIÇÃO

É o número de uma publicação.

EDITORA

Empresa responsável pela publicação de veículos de mídia impressa - revistas e jornais.

EE

Eficiência de escala.

Efeito-deslocamento (ou crowding out)

Crítica dos monetaristas aos fiscalistas, segundo a qual a interferência do governo, via política fiscal (por exemplo, aumento dos gastos públicos), retira recursos do setor privado, diminuindo a participação dos investimentos desse setor.

Efeito-preço total

É a variação da quantidade demandada, quando varia o preço do bem, coeteris paribus. Divide-se em efeito-renda e efeito-substituição.

Efeito-renda

Dada uma variação no preço de um bem, é o efeito sobre a quantidade demandada desse bem, derivado de uma mudança na renda real (ou poder aquisitivo) do consumidor, supondo a renda nominal e os preços dos outros bens constantes. Por exemplo, se o preço do bem X aumenta, a quantidade demandada de X cai, porque o poder aquisitivo do consumidor diminui, coeteris paribus.

EFEITOS DEMIGRANTES

Quando os bens móveis dos migrantes alcançam valores significativos, todos os bens desta categoria que excedam um valor mínimo estabelecido pela legislação nacional deverão ser registrados como exportações ou importações.

Efeito-substituição

Dada uma variação no preço de um bem, é o efeito sobre a quantidade demandada desse bem, derivado de uma alteração nos preços relativos dos bens, supondo a renda nominal e os preços dos outros bens constantes. Por exemplo, se o preço do bem X aumenta, a quantidade demandada de X cai, porque o bem X fica relativamente mais caro que os outros bens, coeteris paribus.

Eficiência alocativa

Refere-se à escolha do conjunto de bens, de forma a empregar, da melhor maneira, os recursos produtivos juntamente com aqueles processos técnicos de produção que utilizem mais adequadamente os recursos que a sociedade tem em maior abundância.

Eficiência econômica

Entre dois ou mais processos de produção, é aquela que permite produzir uma mesma quantidade de produto com menor custo de produção.

Eficiência marginal do capital

É a taxa de retorno esperada sobre a compra de um bem de capital. É a taxa que iguala o valor dos retornos líquidos que se espera obter com o investimento, com o preço de aquisição do equipamento.

Eficiência técnica (ou tecnológica)

Entre dois ou mais processos, é aquela que permite produzir uma mesma quantidade de produto utilizando menor quantidade de fatores de produção.

EGAT

Electricity Generating Authority in Thailand.

Elasticidade

É a alteração percentual em uma variável, dada uma variação percentual em outra, coeteris paribus.

Elasticidade da demanda de moeda em relação à taxa

É a variação percentual da procura de moeda, dada a variação percentual da taxa de juros, coeteris paribus.

Elasticidade no ponto

É calculada em um ponto específico. Por exemplo, a elasticidade-preço a um dado nível de preço e quantidade.

Elasticidade no ponto médio (ou no arco)

É calculada com base nos pontos médios, e não em um ponto específico.

Elasticidade-preço cruzada da demanda

É a variação percentual na quantidade demandada, dada a variação percentual no preço de outro bem, coeteris paribus. Quando for positiva, os bens são substitutos; quando negativa, os bens são complementares.

Elasticidade-preço da demanda

É a variação percentual na quantidade demandada, dada a variação percentual no preço do bem, coeteris paribus. Quando for maior que um (em módulo), o bem tem demanda elástica; quando menor que um (em módulo), o bem tem demanda inelástica; quando igual a um, o bem tem demanda de elasticidade unitária.

Elasticidade-preço da oferta

É a variação percentual na quantidade ofertada, dada a variação percentual no preço do bem, coeteris paribus. Quando for maior que um, o bem tem oferta elástica; quando menor que um, o bem tem oferta inelástica; quando igual a um, o bem tem oferta de elasticidade unitária.

Elasticidade-renda da demanda

É a variação percentual na quantidade demandada, dada uma variação percentual na renda, coeteris paribus. Quando maior que um, é um bem superior ou de luxo; quando menor que um e maior que zero, é um bem normal; quando menor que zero, é um bem inferior; quando igual a zero, é um bem de consumo saciado.

Eletrobrás

Centrais Elétricas Brasileiras S.A.

E-LETTER

Notícias enviadas por e-mail. Normalmente, são enviados boletins periodicamente.

ELP

Passivo Exigível a Longo Prazo.

EM TRÂNSITO

Quando os produtos que estão sendo transportados ainda não chegaram a destino. A passsagem pelo território aduaneiro de um país, de mercadorias ou bens que poderão ser desembarcados, depositados, que somente poderão ser objeto de operações destinadas a garantir sua conservação e impedir sua deterioração, tais como reparar, precintar e outras semelhantes, tendo de sair em um prazo prefixado pelas autoridades.

E-MAIL

Significa Electronic Mail, em português: Correio Eletrônico. São as mensagens trocadas pela internet em programas como Outlook Express ou Lotus Notes, etc.

e-Mail (Electronic Mail)

Correio eletrônico. Recurso que permite troca de mensagens pela rede. Também é tratado como o endereço pessoal de alguém na rede.

e-Mail-bombing

Envio de muitas mensagens para uma caixa-postal no intuito de causar seu esgotamento ou problemas na recepção e visualização dos e-mails nela contidos

EMBALAGEM

Qualquer meio material que serve para acondicionar, apresentar, embalar, manipular, armazenar, conservar e transportar uma mercadoria. Tudo aquilo que agrupa, contém e protege devidamente os produtos acondicionados, facilitando o manejo nas operações de transporte e armazenagem e identifica seu conteúdo. Através da embalagem, os produtos são protegidos contra os riscos do transporte a que estão sujeitos em seu traslado a pontos distantes, com a finalidade de que cheguem ao comprador sem sofrer mermas ou deformações e em aceitáveis condições de qualidade e apresentação. Recipiente que contém o produto, para sua proteção ou conservação, e que facilita seu manuseio, armazenagem, distribuição e apresenta a etiqueta.

EMBARQUE REDUZIDO

Quando o total da mercadoria não é embarcada, considera-se "short shipment"

EMENDAS AO SISTEMA HARMONIZADO

Modificações ao Sistema Harmonizado efetuadas, como média, cada 5 anos, produzidas a nível de seus textos legais, implicando mudança na classificação das mercadorias. São realizadas de acordo com as disposições do Artigo 16 do Convênio do Sistema Harmonizado, devendo ser aprovadas como Recomendação pelo Conselho de Cooperação Aduaneira.

EMISSÃO

Ato de emitir dinheiro ou título.

Emissão de ações

Operação na uma Sociedade Anônima coloca no mercado suas ações.

Emissário

Mensageiro; aquele que é enviado em missão.

EMISSOR

Entidade oficial que emite papel-moeda ou instituição emitente de título de crédito, de renda ou ordem de pagamento.

EMITENTE

Pessoa que emite um título, criando uma obrigação de pagamento.

Empenho

Antes de efetivamente fazer a liberação de recurso previsto no OGU, o Governo empenha (reserva) no Tesouro o recurso.

EMPREENDEDOR

Pessoa que deseja realizar, executar; deixar sua marca e fazer diferença.

Empreitada

Obra por conta de outrem, mediante retribuição previamente ajustada.

Empresa associada

No ambiente de incubadora de empresas, refere-se aquela que utiliza a infra-estrutura e os serviços oferecidos pela incubadora, sem ocupar espaço físico, mantendo vínculo formal. Pode ser empresa recém-criada ou já existente no mercado.

Empresa Graduada

No ambiente de incubadora de empresas, refere-se organização que passa pelo processo de incubação e que alcança desenvolvimento suficiente para ser habilitada e sair da incubadora. Algumas instituições usam o termo empresa liberada. A empresa graduada pode continuar mantendo vínculo com a incubadora na condição de empresa associada.

EMPRESA HOLDING

Empresa que detém o controle acionário de uma empresa ou um grupo de empresas subsidiárias.

Empresa Incubada

Organização que desenvolve produtos ou serviços inovadores, está abrigada em incubadora de empresas, passa por processo de seleção e recebe apoio técnico, gerencial e financeiro de rede de instituições constituída especialmente para criar e acelerar o desenvolvimento de pequenos negócios. Algumas instituições usam o termo empresa residente.

Empresa liberada

Ver empresa graduada

ENCERRAMENTO DE POSIÇÃO

As posições a futuro de compra ou venda podem ser encerradas antecipadamente mediante a realização de uma operação inversa. Neste caso, a Caixa de Registro e Liquidação da Bolsa apura os resultados acumulados proporcionalmente à quantidade encerrada, lançando-os via compensação financeira à sociedade corretora responsável pela operação e coloca à disposição as respectivas garantias (margem ou cobertura).

ENCOURAGING MARKET

Termo estrangeiro que significa mercado animador.

ENCRAVE

Parte do território do país em cujo âmbito geográfico não são aplicáveis as disposições aduaneiras. Ou, também, parte do território do país, em cujo âmbito geográfico está permitida a aplicação das disposições aduaneiras de outro país.

Encryption

Sistema de codificação de informações para que não possam ser lidas por qualquer pessoa sem a rotina de decodificação.

Endereço IP

Número único dado ao computador quando se conecta à internet, o IP pode ser fixo ou dinâmico.

ENDOSSO

Assinatura do proprietário no verso de um título, para transferir a sua propriedade.

ENDOSSO EM BRANCO

Quando o endossante não declara a quem transfere o título, limitando-se a lançar no mesmo a assinatura.

ENDOSSO EM PRETO

Quando o endossante indica o nome a quem transfere o título, isto é, o endossatário que, por sua vez, poderá também transferir o título a outrem.

ENTIDADE DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTAS

As entidades deste tipo tem como única finalidade a instituição de planos de concessão de pecúlios ou de rendas para seus associados, segundo normas gerais e técnicas aprovadas pelo órgão normativo do Sistema Nacional de Seguros Privados. Quando tem fins lucrativos, são organizadas como sociedades anônimas, caso contrário, adotam a forma de sociedades civis ou fundações. Para garantia de todas as suas obrigações, estas entidades devem construir reservas técnicas, fundos especiais e provisões. Parte desses recursos deverá ser aplicado na formação de uma carteira de ações.

ENTIDADE DE PREVIDÊNCIA PRIVADA FECHADAS

As entidades deste tipo são sociedades civis ou fundações, criadas com o objetivo de instituir planos privados de concessão de benefícios complementares ou assemelhados aos da Previdência Social, acessíveis aos empregados ou dirigentes de uma empresa, ou de um grupo de empresas (são os chamados fundos de pensão). Estas entidades são investidoras institucionais porquanto a regulamentação determina que parte dos seus recursos sejam aplicados na manutenção de carteiras de ações. Estes recursos provêm de contribuição de seus participantes, dos empregados ou de ambos.

Entidade filantrópica

Ver filantropia.

Entradas

Tributo sobre a circulação de mercadorias. Embora as cartas de doação assegurassem o livre comércio entre as capitanias hereditárias, a descoberta de ouro em Minas Gerais fez a coroa portuguesa esquecer suas promessas e tributar pesadamente a circulação de mercadorias que entrassem ou saíssem das regiões de mineração. Inicialmente, esse imposto foi cobrado em substituição ao Quinto do Ouro mas, mais tarde, o rei não aprovou o tributo das Entradas, preferindo continuar a receber o Quinto do Ouro.

ENTREGA

Ato pelo qual a alfândega autoriza os interessados a dispor de uma mercadoria que foi desembaraçada.

ENTREGUE COM DIREITOS NÃO PAGOS (DDU) (...local de destino nomeado)

Entregue com Direitos não Pagos significa que o vendedor entrega as mercadorias ao comprador, não desembaraçadas para a importação e não desembarcadas de qualquer meio de transporte chegado ao local de destino nomeado. O vendedor deve arcar com os custos e riscos envolvidos para levar as mercadorias a esse lugar, diferente, onde aplicável, de qualquer direito (cujo termo inclui a responsabilidade e os riscos pela execução de formalidades alfandegárias e o pagamento de formalidades, direitos alfândegários, impostos e outras despesas) para importação no país de destino. Tal direito deve ser suportado pelo comprador, bem como quaisquer custos e riscos causados pela sua falha em desembaraçar as mercadorias para importação em tempo. Todavia, se as partes desejarem que o vendedor execute as formalidades alfandegárias e arque com os custos e riscos resultantes disso, bem como alguns dos custos pagáveis na importação das mercadorias, isto deve ficar claro pela adição de expressão explícita para este efeito no contrato de venda. Este termo pode ser usado sem restrição ao modo de transporte, mas quando a entrega deve ter lugar no porto de destino a bordo de navio ou no cais (atracadouro), os termos DES ou DEQ devem ser usados. NOTA: Este termo foi extraído do INCOTERMS 2000 em sua versão em português.

ENTREGUE COM DIREITOS PAGOS (DDP) (...local de destino nomeado)

Entregue com Direitos Pagos significa que o vendedor entrega as mercadorias ao comprador, desembaraçadas para importação, e desembarcadas de qualquer meio de transporte chegado no local de destino nomeado.O vendedor deve arcar com todos os custos e riscos envolvidos para trazer as mercadorias a esse lugar, incluindo, onde aplicável, qualquer direito (cujo termo inclui a responsabilidade e os riscos pela execução das formalidades alfandegárias e o pagamento de formalidades, direitos alfandegários, impostos e outras despesas) para importação no país de destino. Enquanto o termo EXW representa a obrigação mínima para o vendedor, DDP representa a obrigação máxima. Este termo não deve ser usado se o vendedor for incapaz, direta ou indiretamente, de obter a licença de importação. Todavia, se as partes desejarem excluir das obrigações do vendedor alguns dos custos pagáveis na importação das mercadorias (tais como imposto sobre o valor adicionado: IVA), isto deve ficar claro pela adição de expressão explícita para este efeito no contrato de venda. Se as partes desejarem que o comprador arque com todos os riscos e custos da importação, o termo DDU deve ser usado. Este termo pode ser usado sem restrição do modo de transporte, mas quando a entrega deve ter lugar no porto de destino a bordo do navio ou no cais (atracadouro), os termos DES ou DEQ devem ser usados. NOTA: Este termo foi extraído do INCOTERMS 2000 em sua versão em português.

ENTREGUE NA FRONTEIRA ( DAF) ( ... local nomeado)

Entregue na fronteira significa que o vendedor entrega as mercadorias quando elas são colocadas à disposição do comprador, no meio de transporte chegado não desembarcado, desembaraçado para exportação, mas não desembaraçado para importação, no ponto e local nomeado na fronteira, mas antes da divisa alfandegária do país adjacente. O termo fronteira pode ser usado para qualquer fronteira, incluindo aquela do país da exportação. Portanto, é de vital importância que a fronteira em questão seja definida precisamente, sempre nomeando o ponto e o local no termo. Todavia, se as partes desejarem que o vendedor seja responsável pelo desembarque das mercadorias do meio de transporte chegado, e que arque com os riscos e custos de desembarque, isto deve ficar claro pela adição de expressão explícita para este efeito no contrato de venda.

ENTREGUE NO CAIS (DEQ) (...porto de destino nomeado)

Entregue no Cais significa que o vendedor entrega as mercadorias quando elas são colocadas à disposição do comprador, não desembaraçadas para importação no cais (atracadouro) no porto de destino nomeado. O vendedor deve arcar com custos e riscos envolvidos para levar as mercadorias ao porto de destino nomeado e desembarcar as mercadorias no cais (atracadouro). O termo DEQ exige do comprador desembaraçar as mercadorias para importação e pagar por todas as formalidades, direitos, impostos e outras despesas sobre a importação. Se as partes desejarem incluir nas obrigações do vendedor todos ou parte dos custos pagáveis na importação das mercadorias, isto deve ficar claro pela adição de expressão clara para este efeito no contrato de venda. Este termo pode ser usado apenas quando as mercadorias devem ser entregues por transporte marítimo ou hidroviário interior ou multimodal, no desembarque do navio no cais (atracadouro) no porto de destino. Todavia, se as partes desejarem incluir nas obrigações do vendedor os riscos e custos do manuseio das mercadorias do cais para outro local (armazém, terminal, estação de transporte, etc.) dentro ou fora do porto, os termos DDU ou DDP devem ser usados. NOTA: Este termo foi extraído do INCOTERMS 2000 em sua versão em português.

ENTREGUE NO NAVIO (DES) ( ...porto de destino nomeado)

Entregue no Navio significa que o vendedor entrega as mercadorias quando elas são colocadas à disposição do comprador a bordo do navio, não desembaraçadas para importação no porto de destino nomeado. O vendedor deve arcar com todos os custos e riscos envolvidos para levar as mercadorias até o porto de destino nomeado antes do desembarque. Se as partes desejarem que o vendedor arque com os custos e riscos de desembarque das mercadorias, então o termo DEQ deve ser usado. Este termo pode ser usado apenas quando as mercadorias devem ser entregues por transporte marítimo ou hidroviário interior ou multimodal em um navio no porto de destino. NOTA: Este termo foi extraído do INCOTERMS 2000 em sua versão em português.

ENTREPOSTO ADUANEIRO

Armazenamento de mercadorias em lugares designados para esses efeitos, sob o poder do Serviço de Alfândegas. São lugares físicos sob controle da alfândega para depositar mercadorias estrangeiras, seja como simples depósito ou para serem submetidas a transformação.

ENTREPOSTO ADUANEIRO INDUSTRIAL

Regime aduaneiro que permite introduzir em um recinto sob controle aduaneiro, com suspensão do pagamento dos gravames à importação, certas mercadorias destinadas a serem reexportadas dentro de um prazo estabelecido, após terem sofrido transformação, elaboração ou reparação determinada.

Enunciado

Sentença, declaração.

ENVIOS DE SOCORRO

Todas as mercadorias, tais como produtos alimentícios, medicamentos, vestuário, cobertores, barracas, bem como casas pré-fabricadas, veículos ou outros meios de transporte e quaisquer outros materiais ou elementos de primeira necessidade enviados para ajudar as vítimas de catástrofes naturais ou de sinistros semelhantes.

Enxugar o Mercado

Retirar dinheiro com a venda de títulos. é como passar um rodo no mercado.

EPC

Equipamento de Proteção Coletiva

EPI

Equipamento de Proteção Individual

Epígrafe

Frase, pensamento ou, até mesmo, versos que são colocados no início de livros, trabalhos, capítulos, seções, etc. Pode ser de autoria própria ou não. Preferentemente devem estar relacionadas com o tema do Trabalho ou algo que nele se manifeste. Chamado também de Dístico.

E-PROCUREMENT

A palavra "procurement" significa adquirir, comprar. Acrescentando-se o tradicional "e" tem-se processo de compra realizado de forma eletrônica. É uma aplicação ou um site que tem por objetivo a aquisição de mercadorias, geralmente suprimentos.

Equação de Fisher

É a relação entre a taxa de juros real (r), a taxa de juros nominal (i) e a taxa de inflação ir, dada por (1 + i) = (1 + r)(1 + ir).

EQUAÇÃO FUNDAMENTAL DA CONTABILIDADE

Ativo = Passivo Exigível + Patrimônio Líquido.

EQUIPAMENTO DO NAVIO

Artigos não fornecidos nem restituídos, que leva a bordo um navio para seu uso, relativos à viagem e que sejam pertences móveis, mas não fungíveis, inclusive acessórios tais como botes, salvavidas, âncoras, correntes, móveis, aparelhos e outros artigos semelhantes.

EQUITY

É o capital livre de uma empresa ou de uma pessoa, ou seja, seu patrimônio líquido

EQUITY, TRADE ON THE

Termo estrangeiro que significa trabalhar com capital de terceiros, tendo que conseguir lucros superiores às despesas com juros.

Erga omnes

termo estrangeiro que significa: para com todos, perante todos. Diz-se do ato, lei ou decisão que a todos obriga, ou é oponível contra todos, ou tem efeito sobre todos.

Errata

Indicação de erros porventura cometidos e sua respectiva correção, com indicação de sua localização no texto. Apresenta-se quase sempre em papel avulso ou encartado, acrescido ao Trabalho depois de pronto.

ERRATIC MARKET

Termo estrangeiro que significa mercado irregular, sem tendência definida.

ERROR ACCOUNT

Termo estrangeiro que significa conta de erros mantida por firmas corretoras para registro de eventuais erros.

Escala de procura

Mostra quanto o consumidor deseja consumir de dado bem ou serviço, a vários preços alternativos.

ESCOLA FUNDAMENTALISTA

Corrente de pensamento que se baseia, para fazer análise do investimento de uma ação, nos dados econômico-financeiros da empresa, relacionando-os à situação de seu setor de atividade e à economia do País.

ESCOLA TÉCNICA

Corrente de pensamento que se baseia, para fazer análise do investimento de uma ação, no comportamento da ação no mercado (Bolsa de Valores), sendo os gráficos seu material de apoio principal.

ESPAÇO

Unidade de medida da mídia reservada pelos Veículos, para inserção de mensagens publicitárias.

ESPECIALISTA

Membro da Bolsa de Valores que se compromete a dar liquidez a uma determinada ação, mantendo o mercado do título equilibrado, mediante a efetivação de compras e vendas desta mesma ação para sua própria conta. No momento, ainda não opera no mercado de capitais brasileiro.

ESPECULAÇÃO

Operação financeira feita no mercado com o objetivo de obter ganho rápido. Um especulador, em geral, compra títulos ou commodities que estão com o preço em baixa para vende-los em alta. Mas como é difícil prever o comportamento do mercado, pode-se ganhar fortunas ou registrar perdas estrondosas

ESPECULAR

Negociar em qualquer mercado, com o objetivo de auferir lucros em curto prazo, aproveitando uma situação temporária do mercado. Significa assumir uma atitude de maior risco, em busca de lucros financeiros que ultrapassem a média de outros investidores. O especulador é um investidor profissional, que se dedica integralmente à análise e acompanhamento do mercado, em busca de oportunidades de negócios.

ESTABELECIMENTO QUARENTENÁRIO

Edifício ou conjunto de edifícios onde são mantidos os animais totalmente isolados, sem contato direto ou indireto com outros animais, para submetê-los à observação de maior ou menor duração e realizar-lhes as diferentes provas de controle para que o Serviço Veterinário oficial possa comprovar que não estão afetados por algumas doenças. Esta denominação é usada também para igual tratamento em matéria vegetal, por razões de índole sanitária. É também denominado "centro quarentenário".

Estabilidade Econômica

Reúne três objetivos básicos, em que a atuação da Política Econômica é de importância vital: 1) manutenção do pleno emprego; 2) estabilidade geral de preços; 3) equilíbrio do balanço internacional de pagamentos.

Estabilizador automático (built-in)

Ocorre quando os impostos são progressivos e a tributação é uma função do nível de renda nacional. Tem uma característica anticiclica, ou seja, de amortecedor dos ciclos econômicos: quando a renda aumenta, os impostos aumentam mais que proporcionalmente; quando a renda cai, os impostos caem menos que proporcionalmente. Assim, a renda disponível varia bem menos que a renda nacional total.

Estado

conjunto das Instituições governamentais que controlam e administram um País.

Estagflação

Situação econômica caracterizada pela conjunção de uma tendência à estagnação ou recessão seguida de inflação.

Estagnação

Pode ser compreendida como um fator resultante da demanda em particular( investimento, exportação, consumo, etc.), ou da atividade econômica em geral, e, portanto da produção.

ESTAR COMPRADO

Ter assumido posições de compra em contratos futuros, na expectativa de uma alta de preços.

ESTAR VENDIDO

Ter assumido posições de venda em contratos futuros, na expectativa de uma queda de preços.

Estatuto da criança e do adolescente

criado em 13 de Julho de 1990 pela Lei 8.069, dispõe sobre a proteção integral à criança e ao adolescente. Considera-se criança, para os efeitos desta Lei, a pessoa até doze anos de idade incompletos, e adolescente aquela entre doze e dezoito anos de idade. Prevê que a política de atendimento se fará por meio de um conjunto articulado de ações governamentais, com destaque para políticas sociais, programas de assistência social e serviços especiais de prevenção e atendimento médico e psicossocial às vitimas de negligência, maus-tratos, exploração, abuso, crueldade e opressão.

ESTOQUES

Representam os bens destinados à venda e que variam de acordo com a atividade da entidade. Ex: produtos acabados, produtos em elaboração, matérias-primas e mercadorias.

Estruturalismo

Corrente econômica surgida na América Latina, que supõe que a inflação em países subdesenvolvidos está associada a tensões de custos, causadas por deficiências estruturais e por conflitos distributivos. Também chamada de corrente cepalina, devido à Cepal — Comissão Econômica para a América Latina, organismo da ONU sediado no Chile.

Et caefera (etc.)

termo estrangeiro que significa: e as coisas restan-tes, e as outras coisas, e o resto, e os outros. A expressão pode referir-se, atualmente, tanto a coisas como a pessoas. Uma vez que começa com et (= e), é dispensável (não errada, porém), antes dela, a vírgula.

Eurobônus

Bônus emitidos no mercado europeu, fora das fronteiras do mercado de capitais do país emissor.

EVA

Economic Value Added.

EVEN UP

Termo estrangeiro que significa situação em que compradores e vendedores estão igualmente divididos

Ex abrupto

termo estrangeiro que significa: violentamente, subita-mente, sem preparação.

Ex aequo

termo estrangeiro que significa: com igual mérito, com a mesma nota. Os dois candidatos ob-tiveram o primeiro lugar "ex ae-quo".

Ex ante

Refere-se a valores programados, planejados, previstos. A Teoria Econômica lida fundamentalmente com valores ex ante.

Ex cathedra

termo estrangeiro que significa: de cátedra, do alto da cadeira, em função do próprio car-go, com autoridade. O Papa falou "ex cathedra", isto é, como chefe da Igreja.

Ex jure

termo estrangeiro que significa: segundo o direito.

Ex lege

termo estrangeiro que significa: de acordo com a lei, de con-formidade com a lei.

Ex nunc

termo estrangeiro que significa: de agora em diante, sem efeito retroativo.

Ex officio

termo estrangeiro que significa: por dever do cargo, ofici-almente, por lei. Diz-se do ato ofi-cial realizado sem a provocação das partes. Medida tomada no serviço público segundo a rotina.

Ex post

Refere-se a valores a posteriori, efetivos, realizados. A Contabilidade Social trata apenas de valores expost.

Ex professo

termo estrangeiro que significa: como quem conhece a fundo, como professor, magistral-mente, com toda a perfeição.

Ex tunc

termo estrangeiro que significa: desde então, isto é, com efeito retroativo.

Ex vi

termo estrangeiro que significa: por força de, por efeito de.

Ex vi legis

por força de lei, em virtu-de de lei.

EX WAREHOUSE: (fora do armazém)

O termo "Ex Warehouse" significa que o comprador paga todos os custos de seguro, frete, etc.

EX WORK

Cláusula utilizada no comércio internacional, quando da venda efetuada na indústria onde foi fabricado o produto.

EXAUSTÃO

Termo contábil. É o esgotamento dos recursos naturais não renováveis, em virtude de sua utilização para fins econômicos, registrados no ativo permanente.

Excedente Operacional Bruto

Nas contas nacionais, é a diferença entre o PIB a custo de fatores e o total de salários, ou seja, é o total de juros, aluguéis e lucros.

EXCESS EQUITY

Termo estrangeiro que significa quando o valor em dinheiro, de uma conta, excede o montante necessário para margem.

EXCHANGE ACQUISITION

Termo estrangeiro que significa compra de ações sem perturbar o pregão normal

EXCHANGE ADVICE

Termo estrangeiro que significa boletim financeiro da Bolsa.

EXCHANGE DISTRIBUTION

Termo estrangeiro que significa venda de ações sem perturbar o pregão normal: um corretor oficial se encarrega de juntar compras individuais para satisfazer a ordem de venda.

EXCLUSÃO DO DIREITO DE PREFERÊNCIA

O estatuto da empresa aberta que contiver autorização para aumento do capital pode prever a emissão, sem direito de preferência, para os antigos possuidores de ações, debêntures ou partes beneficiárias conversíveis em ações.

Exclusão Social

Processo que marginaliza indivíduos e grupos sociais no exercício de sua cidadania.

EX-COUPON

Termo estrangeiro que significa venda feita sem o cupon referente ao juro, que fica na mão do vendedor.

EX-DIREITOS

Negociação de uma ação, após exercício de um direito.

EX-DIVIDEND

Termo estrangeiro que significa ex-dividendos. O comprador de ação não tem direito a receber dividendos. A cotação do título descerá no montante equivalente aos dividendos a receber."

EXECUÇÃO DE ORDEM

Efetiva realização de uma ordem de compra ou venda de valores mobiliários.

Exempli gratia (abreviadamente e. g.)

termo estrangeiro que significa: por exemplo. É expressão sino-nima de outra também muito usada: verbi gratia (abreviadamente v. g.).

Exequatur

termo estrangeiro que significa: execute-se, cumpra-se. Na terminologia forense, indica a autorização que é dada pelo Presi-dente do Supremo Tribunal Federal para que possam, validamente, 'ser executados, na jurisdição do juiz competente, as diligências ou atos processuais requisitados por autori-dade judiciária estrangeira. Na ter-minologia do Direito Internacional, significa o ato de reconhecimento de um governo à designação de um cônsul estrangeiro ou funcionário diplomático para funcionar no terri-tório de seu país, isto é, para que possa exercer suas atividades diplo-máticas ou consulares.

Exercício da opção

Operação através da qual o titular da opção exerce seu direito de comprar ou vender a ação-objeto da opção, ao preço previamente estipulado. Veja conceito de opção.

EXERCÍCIO DE OPÇÃO

É a operação através da qual o titular da opção exerce o seu direito de comprar ou de vender o lote de ações objeto da opção, ao preço de exercício. O exercício da opção far-se-á mediante o registro da operação de compra ou de venda à vista das ações objeto em pregão da Bolsa de Valores que opera com o mercado de opções.

EXERCÍCIO SOCIAL

É o espaço de tempo (12 meses), findo o qual as pessoas jurídicas apuram seus resultados; ele pode coincidir, ou não, com o ano-calendário, de acordo como que dispuser o estatuto ou o contrato social. Perante a legislação do imposto de renda, é chamado de período-base (mensal ou anual) de apuração da base de cálculo do imposto devido.

EXERCISE

Termo estrangeiro que significa exercer direitos na subscrição de títulos ou na sua conversão em ações ordinárias.

EXHAUST PRICE

Termo estrangeiro que significa nível de uma conta em que a margem acaba. Ou o investidor aumenta o seu investimento ou o corretor vende ações para obter recursos.

EXIGÍVEL À LONGO PRAZO

Termo contábil. Exigibilidades com vencimento após o encerramento do exercício subseqüente.

Expansão

Situação de uma economia, em que os volumes da produção e da demanda apresentam índices de crescimento.

EXPENSE, VARIABLE

Termo estrangeiro que significa despesas variáveis.

EXPIRATION DATE

Termo estrangeiro que significa data após a qual direitos, opções, etc. expiram.

Exploit

Programa criado para explorar uma falha de segurança num sistema. Pode servir para obter acesso indevido ou tirar o sistema do ar por algum tempo.

Export Notes

Contrato de cessão de direitos de crédito em moeda estrangeira, de que sejam titulares exportadores brasileiros, e gerados em seus contratos de venda de bens e serviços ao Exterior, para recebimento e pagamento em moeda nacional pelo valor equivalente.

EXPORTAÇÃO

Vendas de bens e serviços de um país em outro. É uma importante ferramenta de política econômica porque com as exportações superando as importações há saldo na balança comercial. Ou seja: dólares em caixa.

EXPORTAÇÃO A TÍTULO DEFINITIVO

Regime aduaneiro aplicável às mercadorias em livre circulação que deixam o território aduaneiro e destinadas a permanecer definitivamente fora deste.

EXPORTAÇÃO GLOBAL FOB

Corresponde ao valor total das mercadorias retiradas do acervo material de um país devido ao movimento de saída dos bens para o exterior a qualquer destino, sendo registrado pelas alfândegas. A valoração FOB (free on board) inclui o transporte dos bens até a fronteira aduaneira, os gravames às exportações e as despesas de carga das mercadorias ao meio de transporte utilizado.

EXPORTAÇÃO TEMPORÁRIA

Regime aduaneiro destinado a facilitar a reimportação total ou parcialmente livre de direitos e impostos à importação de mercadorias exportadas com suspensão, se for o caso, dos direitos e impostos à exportação. "Pode exigir-se que as mercadorias sejam exportadas com uma finalidade determinada e reimportadas dentro de um prazo estabelecido".

EXPORTAÇÕES E IMPORTAÇÕES DEVOLVIDAS

Quando um bem exportado for devolvido, será incluído como uma reimportação e o bem importado e posteriormente devolvido será incluído como uma reexportação. As exportações e importações devolvidas serão registradas de forma separada. A reexportação consiste na saída de um país ou território aduaneiro de mercadorias ou bens oportunamente introduzidos; não se considera exportação para fins estatísticos. A reimportação ou retorno de mercadorias e bens exportados ou saídos de um país ou território aduaneiro e reimportados não são considerados, para os fins estatísticos, importações.

EXPORTADOR

Pessoa natural ou jurídica dedicada a enviar, legalmente, produtos nacionais ou nacionalizados para o exterior, para serem usados e consumidos no estrangeiro.

Exposição Acidental

exposição involuntária e imprevisível decorrente de situação de acidente.

EX-RIGHTS

Termo estrangeiro que significa sem direitos, estes permanecem com o vendedor

EXS (Ex, sobre navio)

O vendedor coloca as mercadorias à disposição do comprador a bordo do navio, no porto de destino.

EXTENDED BOND

Termo estrangeiro que significa título que por mútuo acordo tem seu vencimento prorrogado.

Externalidades (ou economias externas)

Representam influências de fatores externos nos custos e receitas das firmas. Por exemplo, uma indústria química poluidora dos rios impõe externalidades negativas à indústria pesqueira; os comerciantes de lustres têm externalidades positivas, por se localizarem próximos um ao outro.

EXTRA-DIVIDEND

Termo estrangeiro que significa dividendo extra

EXTRANET

É uma rede de computadores interligados exclusiva, montada, normalmente, para comunicação e desenvolvimento de negócios entre uma empresa, seus clientes e fornecedores.

E-ZINE

Revista on-line enviada com regularidade a uma grande quantidade de leitores.

 

Termos: # | A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z

 

 

 

Abrir Conta bancária suíça - Duvidas Conta Suiça - Conta Suíça numerada - Ordem Conta bancária suíça - Conta bancária no caribe - Conta bancária na Áustria - Conta Bancaria Latvia - Conta bancária em alemão - Conta Nos Estados Unidos - Duvidas Conta EU - Ordem Conta nos EUA - Cartão anónimo Maestro - Pedir Cartão anónimo - Contato - Mais Informação - Glossário de termos Empresarial - Diccionario de finanças em inglês - Bancos centrais - Bancos da Suíça - Reguladores de Valores no mundo - O qui é Forex - Mapa du Site


Copyright © 2005 - 2016 Contas Bancarias Offshore

 

The information contained in this Website is not meant to substitute qualified legal advice given by a specialist knowing your particular situation. We are not a bank and can’t be held responsible for any loss or damages whether direct, incidental, indirect, special, or consequential, among others, relating access to this Web site. Read our Disclaimer / Terms and Conditions