Termos

Significados

M/E

Moeda Estrangeira.

Macroeconomia

É a análise que procura garantir a manutenção do pleno emprego dos recursos disponíveis dos sistemas econômicos. Ocupa-se ainda das condições necessárias ao desenvolvimento econômico bem como de seus significados, custos e benefícios. Procura também determinar as causas e os efeitos da inflação e das elevações gerais dos níveis de preços como um todo.

MAD

Mean Absolute Deviation.

MAI

Maio

MAIL BOX

Caixa de correio.

Mailbox

É a área que armazena as mensagens eletrônicas recebidas.

 

MAILING LIST

Lista de distribuição de endereços eletrônicos na internet.

Mailing list ou lista de discussão

Sistema de distribuição que permite o envio de e-mails a grupos pré-determinados de usuários.

MAILTO

O protocolo Internet usado para enviar mensagens de Correio Eletrônico

Mais-valia

Consiste no valor do trabalho não-pago ao trabalhador, isto é, na exploração exercida pelos capitalistas sobre seus assalariados.

MAJOR TREND

Termo estrangeiro que significa tendência básica dos preços de ações por um determinado período de tempo, apesar de oscilações temporárias.

MAJORITY STOCKHOLDERS

Termo estrangeiro que significa acionistas majoritários

MAKING A LINE

Termo estrangeiro que significa preço estável (pouca variação)

MAKING A MARKET

Termo estrangeiro que significa criar um mercado. Criar interesse por um título, através de publicidade. Quando um corretor anuncia os preços a que se dispõe a comprar e vender, está criando um mercado. - Também fazer um mercado.

MALONEY ACT OF 1938

Termo estrangeiro que significa lei permitindo a regulamentação do Over-The-Counter-Market. (Mercado de Balcão).

Malware

Neologismo, em inglês, montado com as palavras malicious software. O termo designa programas nocivos como vírus e cavalos-de-tróia.

MANIFESTO DE CARGA

Documento que contém uma lista das mercadorias que constituem o carregamento do navio, aeronave e demais veículos de transporte, no momento de sua chegada ou saída ao/ou do território aduaneiro.

MANIFESTO DE CARGA (Transporte por rodovia)

Documento de controle aduaneiro que ampara as mercadorias transportadas por rodovia, do lugar onde são carregadas a bordo de um veículo ou unidade de carga até o lugar onde são descarregadas para sua entrega ao destinatário. Neste documento, o portador internacional declara perante a alfândega de saída ou de chegada o detalhe das mercadorias transportadas, identificando o número do conhecimento ou guia, o dos volumes e a natureza da mercadoria, seu peso, o consignatário e seu endereço.

Man-in-the-middle

Tática de ataque que cria uma VPN falsa para roubar nomes de usuários e senhas.

MANIPULATION

Termo estrangeiro que significa operação ilegal. Compra ou venda de títulos para criar situação falsa no mercado.

MANUTENÇÃO DE RECEITAS OU DE PREÇOS

A estabilidade permanente das receitas dos produtores nacionais ou dos preços de alguns produtos básicos de exportação.

Mão-de-Obra

Trabalho realizado em alguma coisa por alguém.

MAPA DE CONTROLE DO MOVIMENTO DE AÇÕES

Proporciona ao investidor o controle do movimento de ações de empresas que integram sua carteira. Deverão ser utilizados tantos mapas quantas forem as empresas componentes da carteira.

MAPA DE LEVANTAMENTO DE POSIÇÃO DA CARTEIRA DE AÇÕES

Tem a finalidade de apurar, em dado momento, o valor da carteira de ações do investidor, assim como o resultado que ele está tendo no conjunto de suas ações.

MAR

Março

MARCA

Nome do produto veiculado em campanhas publicitárias. Pode ou não conter uma sub marca ou um complemento de marca.

MARGEM

É o montante, em dinheiro e em títulos, que um cliente precisa depositar na sociedade corretora para efetuar uma compra ou uma venda a termo ou a futuro.

MARGEM ADICIONAL

Reforço de garantia, exigível quando as condições de mercado o recomendarem.

MARGEM DE CONTRIBUIÇÃO

Diferença entre preço de venda e custo variável.

MARGEM DE DUMPING

Montante no qual o valor normal supera o preço de exportação de um produto.

MARGEM DE POSIÇÃO A FUTURO

Depósito mantido pelo cliente perante a sociedade corretora e por esta perante a Bolsa de Valores, para garantir o cumprimento de suas obrigações a futuro.

MARGIN CALL

Termo estrangeiro que significa pedido do corretor para que o cliente dê cobertura, seja em dinheiro ou títulos, para as operações com margem.

MARGIN, ACCOUNT

Termo estrangeiro que significa conta-margem. Conta mantida com margem.

MARKET LEADERS

Termo estrangeiro que significa líderes do mercado (ações que lideram o mercado).

MARKET LETTER

Termo estrangeiro que significa publicações distribuidas pelas firmas corretoras dando suas opiniões com relação o mercado e aconselhando a compra ou venda de ações de determinadas companhias.

MARKET ORDER

Termo estrangeiro que significa ordem de compra ou venda de ações ou melhor preço do mercado.

MARKET QUOTATION

Termo estrangeiro que significa cotação de mercado.

MARKET REPORT

Termo estrangeiro que significa relatório emitido pelo operador da Bolsa informando a execução de uma ordem.

MARKET SHARE

Expressão em inglês que significa participação no mercado. É a fatia das vendas de um produto que cada fabricante detém. Um exmeplo: se o mercado brasileiro de biscoitos é de 5 bilhões de unidades vendidas e um dos fabricantes participa com 3 bilhões de unidades, então ele tem um market share de 60% e é líder deste mercado

MARKET VALUE

Termo estrangeiro que significa valor de mercado.

MARKET, BUYER'S

Termo estrangeiro que significa mercado de comprador.

MARKET, FUTURE DELIVERY

Termo estrangeiro que significa mercado de entrega futura, a termo.

MARKET, SELLER'S

Termo estrangeiro que significa mercado vendedor (bom para a venda).

MARKETING

Market, em inglês, significa mercado. Marketing nada mais é do que o mercado em movimento. Fazer marketing é acompanhar esse movimento, as oscilações, um novo concorrente que aparece, uma alta de preços, uma nova moda. O mercado não pára, e estamos sempre nos transformando e nos adaptando a ele.

Marketing Social

Atividade de criar, executar e controlar programas que visam mudança social; usa diversas técnicas de marketing de empresas, tais como identificação de audiências, desenvolvimento de produtos e medição de resultados.

Mark-up

É a margem da receita de vendas (faturamento) sobre os custos diretos de produção. Essa margem deve ser tal que permita à empresa cobrir os custos diretos (ou variáveis), os custos fixos e a parcela desejada de lucro da empresa.

MASSA CRÍTICA

Conceito: Quantidade de clientes ou usuários necessários para viabilizar um produto, empreendimento ou mercado. É a meta fundamental de toda empresa ponto-com.

MASTER FRANQUIA

Direito concedido pelo franqueador a determinado franqueado de revender (sub-franquear) a marca/método de trabalho a outros franqueados em uma determinada região.

Matemática Financeira

Dentre várias definições, "é a ciência que estuda o dinheiro no tempo" (Lawrence J.Gitman). O conhecimento de matemática financeira é indispensável para compreender e operar nos mercados financeiro e de capitais, e atuar em administração financeira com baixos tempo e custo de decisão.

Matriz insumo-produto ou de relações intersetoriai

Sistema de contabilidade social criado por Leontief, que mostra todas as transações agregadas de bens intermediários e de bens finais da economia, em determinado período.

MATURITY DATE

Termo estrangeiro que significa data de vencimento.

Máxi(desvalorização)

É uma desvalorização drástica de qualquer moeda. A expressão se tornou corrente no Brasil depois das desvalorizações promovidas pelo governo em 1979 e em 1983, ambas superiores a 30%.

MAXIDESVALORIZAÇÃO

Desvalorização drástica de uma moeda

Maximização do lucro total

Corresponde à produção em que Receita Marginal (RMg) = Custo Marginal (GMg), com CMg crescente

MC

Margem de Contribuição

M-COMMERCE

Comércio móvel realizado através de celular.

MEDIA

Termo em Inglês para Mídia, significa meios de comunicação, veículos.

MÉDIA PREÇO/LUCRO DE UMA CARTEIRA DE AÇÕES

O cálculo do P/L médio de uma carteira de ações segue a mesma metodologia de cálculo para o P/L de uma ação. Deste modo, o P/L de uma carteira de ações é o número de anos necessários a se reaver o capital cujas ações integram a mesma. Para isto, fazem-se as suposições de que estes lucros permanecerão constantes e serão totalmente distribuídos a cada exercício.

Medidas de Achatamento

Medidas que procuram caracterizar a forma de distribuição quanto a seu achatamento. O termo médio de comparação é dado pela distribuição normal.

MEDIDAS PARATARIFÁRIAS

Medidas que aumentam o custo das importações de forma análoga à das medidas tarifárias, ou seja, em uma determinada percentagem ou quantia, calculadas, respectivamente, com base no valor ou na quantidade. Existem, basicamente, 4 grupos: encargos aduaneiros, gravames adicionais, gravames internos sobre produtos importados e aforamento aduaneiro, baseado em um preço administrativo.

MEDIDAS TARIFÁRIAS

Gravames aplicados à importação de mercadorias, objetivando modificar os preços a fim de proteger as atividades nacionais, influir na alocação de recursos, na distribuição do ingresso e incrementar a arrecadação impositiva. A arrecadação impositiva, por razões fiscais, na atualidade perdeu importância, devido a que os gravames tarifários foram substituídos por impostos de diferente natureza, por exemplo, os impostos ao consumo. Os gravames tarifários, geralmente, são aplicados na data do registro do respectivo pedido de destinação de importação para consumo.

MEETING OF STOCKHOLDERS

(Regular, Special) Termo estrangeiro que significa assembléia de acionistas: geral ordinária

Meio circulante

É o conjunto de cédulas e moedas em circulação em um país, ou seja, o conjunto de cédulas e moedas com poder liberatório (inclusive comemorativas) de posse do público e dos bancos.

MEIO DE COMUNICAÇÃO

Um conjunto de veículos, canal, uma mídia. Exemplo: televisão, rádio, jornal, revista, outdoor etc.

Meio de Pagamentos

São os recursos considerados imediatamente disponíveis para a população. É medido através do dinheiro em poder do público, mais os depósitos à vista nos bancos comerciais, inclusive o Banco do Brasil.

MEIO DE TRANSPORTE

Navio, aeronave, vagão ferroviário, caminhão, container ou qualquer outro veículo utilizado para o transporte de mercadorias por determinada via.

Meios de pagamento

É o estoque de moeda disponível para uso do setor privado não bancário, a qualquer momento (ou seja, de liquidez imediata). E composto pela moeda em poder do público (moeda manual) e pelos depósitos a vista nos bancos comerciais (moeda escritural). Também chamado de Haveres Monetários. Esse é o conceito mais utilizado e é chamado de Ml, que é o total de moeda que não rende juros e é de liquidez imediata. Dependendo do objetivo, são utilizados os conceitos de: M2 = Ml + títulos públicos em poder do público e fundos do mercado monetário M3 = M2 + depósitos em caderneta de poupança M4 = M3 + depósitos a prazo e títulos privados que incluem ativos que rendem juros e são de alta liquidez.

MEMBER CORPORATION

Termo estrangeiro que significa cia. de corretagem com, pelo menos, um sócio pertencente à Bolsa de N.Y.

MEMBER FIRM

Termo estrangeiro veja Member Corporation

MEMBER OF STOCK EXCHANGE

Termo estrangeiro que significa pessoa física ou jurídica aceita como membro de uma Bolsa de Valores.

Memética

A Memética é o estudo formal dos modelos evolutivos da transferência de informação. A memética aplica conceitos da teoria da evolução (especialmente da genética populacional) à cultura humana. Ela tenta explicar vários assuntos controversos, como religião e sistemas políticos, usando modelos matemáticos.

Mens legis

termo estrangeiro que significa: o espírito da lei.

MERCADO A TERMO

É o mercado onde as liquidações com ações se processam a prazos determinados, conforme o termo do contrato (30, 60, 90, 120 e 180 dias de prazo). Vide operações a termo.

MERCADO À VISTA

É o mercado onde as liquidações com ações se processam até cinco dias úteis após a data de realização de uma operação com ações.

MERCADO ABERTO

Mercado de compra e venda de títulos públicos e privados sob a orientação do Banco Central; atuam no mercado aberto as instituições financeiras que negociam entre si sempre por telefone, sem necessidade de estarem presentes no mesmo local (como as Bolsas de Valores), para realizarem seus negócios.

MERCADO ACIONÁRIO

É um subsistema do mercado de capitais, onde se realizam as operações de compra e venda de ações. Suas funções principais são: a avaliação dos valores transacionados, liquidez e capitalização das empresas.

Mercado atomizado

É aquele com infinitos vendedores e compradores (como `átomos`), de forma que um agente isolado não tem condições de afetar o preço de mercado. Assim, o preço de mercado é um dado fixado para empresas e consumidores.

Mercado de ações

Conjunto de transações de uma praça efetuado sobre títulos de valores que representam partes proporcionais de capital, atribuindo à condição de sócio.

Mercado de ações em alta

Situação em que, na média, as cotações do dia estão mais altas do que as cotações de fechamento do dia anterior.

Mercado de ações em baixa

Situação em que, na média, as cotações do dia estão mais baixas do que as cotações de fechamento do dia anterior.

Mercado de ações estável

Situação em que, na média, as cotações do dia estão estáveis em relação às cotações de fechamento do dia anterior.

MERCADO DE BALCÃO

Mercado de títulos sem lugar fixo para o desenrolar das negociações. Os negócios são fechados via telefone, entre instituições financeiras. São negociadas ações de empresas não registradas em Bolsa de Valores e outras espécies de títulos.

MERCADO DE CÂMBIO

Realiza operações que envolvem a necessidade de conversão de moedas estrangeiras em moeda nacional e vice-versa. Basicamente, são operações de curto prazo e as instituições que nele atuam são os bancos comerciais e as firmas autorizadas pelo governo, com a intermediação das sociedades corretoras.

MERCADO DE CAPITAIS

Rede formada pelas Bolsas de Valores e instituições financeiras (bancos, corretoras e seguradoras) que negociam papéis (ações e títulos) a longo prazo. Sua função é direcionar recursos para financiamentos ao comércio, indústria e até para o governo. Está, portanto, relacionado ao crescimento econômico do País.

Mercado de futuros

Mercado no qual são comprados e vendidos contratos para o envio de commodities ou instrumentos em data futura. Termo que significa a forma mais perfeita de negociação de produtos dentro dos mercados organizados. Consiste em Bolsas de Bens de Consumo formadas de acordo com as especializações dos produtores. Por intermédio de tais Bolsas, os executivos, profissionais, produtores, trabalhadores, etc., compram e vendem Contratos a Futuro de numerosos bens de consumo. É um mercado no qual há uma promessa de comprar ou vender valores ou produtos em alguma data futura a preços que foram fixados na negociação de compra e venda. Os contratos a futuro são fixos ou padronizados, no que diz respeito a unidades de quantidade, pré-requisitos de qualidade, data de vencimento e outras características.

MERCADO DE OPÇÕES

Instrumento de investimento no mercado de capitais. A opção de compra de ações é um contrato que confere ao comprador o direito de adquirir, durante a sua vigência, um lote de ações de determinada empresa a um preço prefixado. Isto significa, por exemplo, que alguém paga uma determinada quantia ao proprietário de um lote de ações para que ele garanta um preço de venda determinado (fixo) durante algum tempo. Durante a vigência deste contrato, o comprador poderá, a qualquer tempo, concretizar o negócio, pagando o preço combinado, ainda que as ações estejam sendo negociadas a preço superior. Deste modo, a diferença entre o preço combinado e o preço de mercado das ações é que vai representar o lucro do comprador.

Mercado Eficiente

É aquele em que o preço de mercado é uma estimativa não-tendenciosa do valor real do investimento". Na sua conceituação, os preços de mercado não tem que necessariamente espelhar o preço justo das ações a todo momento, ou seja, podem existir ações subavaliadas ou superavaliadas.

MERCADO FINANCEIRO

É o conjunto de mecanismos voltados para a transferência de recursos entre os agentes econômicos. No mercado financeiro são efetuadas transações com títulos de prazos médio longo e indeterminado, geralmente voltados para o financiamento de capital de giro permanente e de capital fixo.

MERCADO FIRME

Fase do mercado de capitais em que as cotações dos títulos negociados apresentam oscilações mínimas.

Mercado Futuro

É o mercado onde se pode comprar e vender a futuro. Você compra ou vende ações hoje, e a liquidação, isto é, o pagamento e a entrega dos papéis ocorre numa data futura pré-fixada.

MERCADO FUTURO DE AÇÕES

É o mercado onde as liquidações em ações se processam a prazos predeterminados e com datas de vencimento prefixadas. Vide operações a futuro.

MERCADO MONETÁRIO

Conjunto formado por bancos comerciais e empresas financeiras de crédito que também participam do mercado de capitais. A diferença é que operam no curto ou curtíssimo prazo

Mercado Negro

Situação fictícia de cotação ou de negociação antecipada de um título, antes de seu lançamento oficial na bolsa.

MERCADO PARALELO

Movimentação ilegal de numerário destinado a atender a quem não quer ou não pode utilizar-se do mercado financeiro para obter crédito.

MERCADO PRIMÁRIO

Tem como função a colocação de ações (ou outros títulos) provenientes de novas emissões. É ao mercado primário que as empresas recorrem para complementar os recursos de que necessitam, seja para financiamento de seus projetos de expansão, seja para empregá-los de outras formas produtivas.

MERCADO PRINCIPAL

Abrange operações normais, com lotes múltiplos de 1000 ações. É constituído pelas ações de maior negociabilidade nas Bolsas de Valores.

MERCADO SECUNDÁRIO

As operações do mercado secundário representam transferências de recursos e títulos entre investidores e/ou instituições. O mercado secundário proporciona liquidez aos títulos; permite que os investidores revertam suas decisões de compra e venda, transferindo, entre si, os títulos anteriormente adquiridos no mercado primário.

MERCADORIA

Qualquer bem corporal móvel. Qualquer produto, manufatura, semoventes e outros bens corporais móveis, sem exceção alguma.

MERCADORIAS EM LIVRE CIRCULAÇÃO

Mercadorias das quais se pode dispor sem restrições, do ponto de vista aduaneiro.

MERCHANDISING

É o aparecimento de produtos, em programas, com ou sem comentários sobre os mesmos. São considerados como merchandising, também, as citações de apresentadores com ou sem aparecimento de logomarca.

MERCOSUL

O Mercado Comum do Cone Sul é um acordo comercial assinado por Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai em 1991. Há ainda dois membros associados: o Chile (desde 1996) e a Bolívia (desde 1997). Ambos negociam a entrada no bloco econômico, que pretende fixar tarifas externas comuns para todos esses países e eliminar barreiras alfandegárias

MERVAL

- Índice que reflete a variação das ações na Bolsa de Valores de Buenos Aires, na Argentina

MÊS DE VENCIMENTO

Mês durante o qual pode ser efetuada a entrega física do objeto do contrato negociado no mercado futuro.

Metas de Inflação

São os percentuais que o Governo irá estipular para a variação da taxa de inflação. A intenção do Governo brasileiro é que as metas sejam semestrais, segundo um índice de custo de vida do IBGE previamente selecionado. Este modelo de controle de inflação por metas denominado "inflation target" existe em vários países, entre eles a Nova Zelândia e a Inglaterra.

Metas de política macroeconômica

Alto nível de emprego, estabilidade de preços, distribuição de renda socialmente justa, e crescimento econômico.

Metas Indicativas

Ao contrário das metas quantitativas, não precisam ser alcançadas para liberação de empréstimos nos acordos assinados com o FMI. Portanto, são metas mais flexíveis.

Metas Quantitativas

São as metas acertadas com os diretores do FMI e expressas em reais e não em percentuais. é o caso do superávit primário do setor público, por exemplo, que é fixado em milhões de reais.

MICAR (FICAR COM O MICO)

Diz-se que uma ação ""micou"" ou o investidor ""ficou com o mico"", quando não conseguiu vender o papel por falta de liquidez, ou interesse de outros aplicadores.

MICO

Ação que em determinado período perde a liquidez no mercado.

Microcrédito

Programa de pequenos empréstimos para que pessoas de baixa renda realizem projetos de auto-emprego e gerem renda, de modo a sustentar suas famílias (veja Economia Solidária).

Microeconomia

É um processo teórico elaborado com vistas a determinar as condições gerais de equilíbrio da economia a partir do comportamento dos agentes econômicos individuais - produtores e consumidores. Em tal sentido, pode também ser considerada como um ramo tradicionalmente ligado à ideologia do individualismo e do liberalismo.

MÍDIA

São os meios de comunicação, veículos.

Mídia de massa

Diz-se do veículo capaz de atingir o maior número de pessoas possível, independente de sexo, idade ou classe social. Ex: TV e rádio.

MÍDIA ELETRÔNICA

Televisão (aberta ou por assinatura), rádio e cinema.

MÍDIA IMPRESSA

Jornal, revista e outdoor.

MÍDIA INTERNA

São inserções publicitárias de um veículo nele mesmo.

MÍDIA OFFLINE

Todas as mídias que não estão ligadas à Internet, como, por exemplo, TV ou jornal.

MÍDIA ONLINE

Internet, meio de comunicação no qual as ações podem ser feitas em tempo real.

Mídia Segmentada

Veículo dirigido a determinado público, definido por critério de sexo, idade, classe social etc.

MIDLE OF THE ROAD POLICY

Termo estrangeiro que significa atitude racional em relação ao mercado. Atitude moderada.

MINERAÇÃO DE DADOS - DATA MINING

Busca de dados, em qualquer meio, interno ou externamente à empresa, que possam ajudar na correta compreensão do meio competitivo e na tomada de decisões. A WEB é um excelente meio de se conseguir informações úteis.

Minibanda

É um intervalo dentro da banda cambial mais larga em que o BACEN atua junto ao mercado financeiro comprando e vendendo moeda.

MINI-SITE

Funciona como um site comum, mas, normalmente, é menor, mais objetivo e fica no ar apenas em um determinado período.

MINOR TREND

Termo estrangeiro que significa flutuações de curto prazo dos preços de ações.

MINORITY INTEREST

Termo estrangeiro que significa participação minoritária.

MINORITY STOCKHOLDERS

Termo estrangeiro que significa acionistas minoritários.

Mirc

Programa utilizado no IRC.

Mirror Site

Website que é réplica de outro muito popular, para permitir o acesso de um número maior de usuários sem sobrecarregar a rede, distribuindo melhor o tráfego.

MISCELLANEOUS STOCKS

Termo estrangeiro que significa ações diversificadas (diferentes ramos de negócios).

MISS THE MARKET

Termo estrangeiro que significa deixar de aproveitar uma boa oportunidade.

MIXED CAPITAL COMPANY

Termo estrangeiro que significa companhia de capital misto.

MNI

O Manual de Normas e Instruções.

Modelo

Representação formalizada num sistema de equações, formando um conjunto coerente de relações entre os fenômenos econômicos.

Modelo clássico de oligopólio (ou modelo neoclássico)

O objetivo da empresa é maximizar o lucro total (ou seja, igualar a receita marginal ao custo marginal).

Modelo de mark-up

Trata-se de um modelo de oligopólio, em que o objetivo da firma é maximizar o mark-up, e não lucros. Esse modelo parte do pressuposto de que as firmas conhecem melhor seus custos de produção do que a demanda do produto, razão pela qual o preço do produto é fixado baseado em uma margem sobre os custos diretos de produção (mark-up).

MODEM

Conjunto de placa e software que codifica e decodifica os sinais de computador para uma linha telefônica, permitindo a comunicação em rede.

Modem (Modulador Demodulador)

Dispositivo de conexão remota através de linha telefônica, que converte sinais analógicos em digitais.

Modus faciendi

termo estrangeiro que significa: modo de proceder, de agir em certas situações.

Modus vivendi

termo estrangeiro que significa: modo de viver.

MOEDA

- Meio de pagamento que surgiu para facilitar as relações econômicas entre as pessoas e delas com o Estado. As primeiras moedas datam do século VII a.C. e eram feitas de cobre. A primeira função da moeda foi acabar com o escambo – troca de mercadorias entre as pessoas – pondo fim a velhas pendengas dos comerciantes. Um dos problemas para eles era definir, por exemplo, quantas sacas de trigo valeriam uma arroba de boi. Com as moedas as mercadorias passaram a ter seu preço definido em moedas. Ou seja: as moedas eram usadas como medida de valor. Isso mudou o padrão de riqueza. Não era mais preciso ter grandes propriedades, cheias de gado para cuidar, bastava juntar moedas. No início do século IX, começam a surgir as primeiras cédulas, substituindo o padrão metálico. Mais tarde, os europeus criaram um sistema em que cada nota era emitida em quantidade correspondente aos depósitos em ouro, que poderia ser sacado a qualquer momento nos bancos onde as barras estavam guardadas. Hoje utiliza-se uma combinação de fator

Moeda escritural

É o total de depósitos a vista nos bancos comerciais. Também chamada de moeda bancária.

Moeda manual

É o total de moeda em poder do público (empresas privadas e pessoas físicas).

Monetarismo

Corrente teórica que atribui à moeda um papel determinante nas flutuações econômicas, seus adeptos defendem a teoria quantitativa da moeda e suas implicações

Monetização

Ocorre quando há elevação dos meios de pagamento (que não rendem juros) sobre o total de ativos financeiros que rendem juros. Pode também ser medida pelo saldo dos meios de pagamentos em relação ao PIB. Depende da taxa de inflação: quanto mais elevadas as taxas de inflação, menor a monetização da economia.

Monitor de Contaminação

Instrumento com capacidade para medir níveis de radiação em unidades estabelecidas pelos limites derivados de contaminação de superfície de acordo com a Norma CNEN NE-3.01.

Monitor de radiação

medidor de grandezas e parâmetros para fins de controle ou de avaliação da exposição à radiação presente em pessoas ou em superfícies de objetos, o qual possui a função de fornecer sinais de alerta ou alarme em condições específicas.

Monitoração Ambiental

Medição contínua, periódica ou especial de grandezas radiológicas no meio ambiente, para fins de radioproteção.

Monitoração de Área

Avaliação e controle das condições radiológicas das áreas de uma instalação, incluindo medição de grandezas relativas a: a) campos externos de radiação; b) contaminação de superfícies; c) contaminação atmosférica.

MONOPÓLIO

Situação em que uma empresa domina sozinha a produção ou comércio de uma matéria-prima, produto ou serviço e que, por isso, pode estabelecer o preço à vontade

Monopólio bilateral

É a forma de mercado em que um monopsonista, na compra de um insumo, defronta-se com um monopolista, na venda desse insumo. Por exemplo, uma única fábrica, numa cidade do interior (monopsonista), que se defronta com um único sindicato de trabalhadores (monopolista na venda).

Monopólio puro ou natural

Mercado em que as empresas apresentam elevadas economias de escala, o que lhes permite produzir a custos unitários de produção muito baixos, e vender seu produto a preços que representam uma barreira à entrada de novas firmas no mercado.

Monopsônio/oligopsônio

É o monopólio/oligopólio na compra de fatores de produção. Por exemplo, a indústria automobilística, na compra de pneus.

MONTAR DIFERENCIAIS

Comprar e vender simultaneamente contratos futuros de uma mesma mercadoria ou ativo financeiro, com vencimento diferentes, na expectativa de uma mudança na relação de preços dos contratos.

MORATÓRIA

Prorrogação do prazo concedido para pagamento de uma dívida, obtida em acordo entre o devedor e o credor. Nas relações comerciais internacionais, a palavra é usada para definir a declaração unilateral de um país de que ele não pagará sua dívida no prazo determinado.

Mosaic

Interface gráfica que atua como um software-cliente para o FTP, Gopher, News, WAIS e WWW. Foi criado pelo National Center for Supercomputing Applications (NCSA), dos EUA, e é distribuído como freeware.

MOUSE OVER OU ROLL OVER

Termo utilizado em informática para descrever uma determinada animação: imagens ou sinais acendem ou surgem quando o mouse é passado sobre eles.

Movimento de capitais

É a parte do balanço de pagamentos relativa às transações com capitais internacionais, físicos ou monetários. Compõe-se dos seguintes itens: investimentos diretos, reinvestimentos, empréstimos e financiamentos autônomos, e amortizações.

Movimentos Sociais

São o segmento mais "politizado" do Terceiro Setor; na luta pelo atendimento de demandas específicas, acabam criando entidades de base - associações civis - que defendem uma determinada causa ou um determinado fim, assumindo caráter reivindicatório ou contestatório junto à sociedade e ao Estado. São exemplos associações de bairro, grupos feministas e grupos de defesa dos direitos dos homossexuais, entre outros.

MP3

Formato de compressão de arquivos de som para transmissão via Internet.

MPEG

Formato de compressão de arquivos de som e imagem para transmissão via Internet.

MTB

Antiga sigla para definir Ministério do trabalho. Atualmente é Ministério do Trabalho e Emprego (MTE).

MTE

Ministério do Trabalho e Emprego

MULTIMÍDIA

Recurso que une textos, imagens, áudio e vídeo.

Multiplicador da base monetária

É a variação dos meios de pagamento, dada uma mudança no saldo da base monetária. A variação dos meios de pagamento é um múltiplo da variação da base monetária. É também chamado simplesmente de multiplicador monetário

Multiplicador keynesiano de gastos

É a variação da renda nacional, dada uma variação autônoma em algum dos componentes da demanda agregada (consumo, investimento, gastos do governo, tributação, exportações ou importações). A renda nacional varia num múltiplo da variação de algum elemento autônomo da demanda agregada.

Mutatis mutandis

termo estrangeiro que significa: mudando-se o que se deve mudar, fazendo-se as mudanças devidas.

MUTUAL INVESTMENT FUNDS

Termo estrangeiro que significa fundos Mútuos de Investimento.

MVA

Market Value Added.

 

 

Termos: # | A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z


 

Abrir Conta bancária suíça - Duvidas Conta Suiça - Conta Suíça numerada - Ordem Conta bancária suíça - Conta bancária no caribe - Conta bancária na Áustria - Conta Bancaria Latvia - Conta bancária em alemão - Conta Nos Estados Unidos - Duvidas Conta EU - Ordem Conta nos EUA - Cartão anónimo Maestro - Pedir Cartão anónimo - Contato - Mais Informação - Glossário de termos Empresarial - Diccionario de finanças em inglês - Bancos centrais - Bancos da Suíça - Reguladores de Valores no mundo - O qui é Forex - Mapa du Site


Copyright © 2005 - 2016 Contas Bancarias Offshore

 

The information contained in this Website is not meant to substitute qualified legal advice given by a specialist knowing your particular situation. We are not a bank and can’t be held responsible for any loss or damages whether direct, incidental, indirect, special, or consequential, among others, relating access to this Web site. Read our Disclaimer / Terms and Conditions